Como escolher frango

A carne de frango é tão nutritiva quanto a bovina. Mas tem duas vantagens básicas: é mais fácil de digerir e é muito mais econômica. Aprenda aqui como escolhê-la

Passo a passo para comprar frango

  1. Sinta o cheiro da carne: deve ser suave, pouco pronunciado
  2. Veja se a pele está macia e seca
  3. Observe se a cor da pele é clara, entre o amarelo e o branco, sem manchas escuras
  4. Toque a carne: ela deve ter uma consistência elástica, nem dura, nem mole demais
  5. Se estiver comprando a ave inteira, certifique-se de que o bico e os pés são flexíveis quando apertados, do mesmo modo que o osso do peito

Parte certa para cada tipo de preparo.

Peito: carne branca e macia, boa para grelhar, assar e fritar. Com ela se faz o famoso “supremo”: peito de frango à milanesa.

peito-frango

Sobrecoxa: carne escura e bastante saborosa. Pode ser preparada de todas as formas, com osso ou desossada.

sobrecoxa-frango

Coxa: carne saborosa, usada em coxinhas, também pode ser ensopada ou grelhada.

coxa-frango

Asa: a preferida de muita gente, fica boa assada, grelhada ou ensopada.

asa-frango

Pescoço: bom para dar sabor a sopas e caldos.

pescoco-frango

Miúdos: o fígado, o coração e a moela são bons para refogados ou para serem usados como recheio em outros pratos. Os pés costumam ser usados para fazer caldos e sopas.

miudos-frango

Atenção

  • Não jogue fora as sobras do frango. Elas podem ser guardadas por até 3 dias na geladeira e usadas para preparar sopas ou risotos
  • Cuidado com a carne de frango vendida como “fresca”, mas que apresenta pele úmida.
  • É sinal de que o animal já esteve congelado, o que, ao descongelar, acelera seu processo de decomposição

Aves

Whatsapp   Facebook   Pint